Dica de leitura: 6 passos para mudar sua dieta (e seu peso)

Hoje darei uma dica de leitura útil para todos, mas essencial para aqueles que estão começando a dieta primal/paleo, e que desejam perder peso!

Este é um excelente artigo do site musculação-pt, de Portugal (as diferenças na escrita são sutis, dá pra ler tranqüilamente) e fala sobre como iniciar e aperfeiçoar sua alimentação! Não deixe de ler.

Faço apenas duas ressalvas quanto ao que ele recomenda: 1) não limite seu consumo de frango e porco, apenas busque pelas variações orgânicas deles. 2) não é necessário eliminar o consumo de feijão, apenas coma com moderação. Em breve farei um post explicando mais sobre o feijão.

http://www.musculacao-pt.net/a-dieta-paleo-em-seis-passos-faceis-um-guia-motivacional/

Espero que gostem!

Anúncios

Entrevista no site Inteligência Nutricional

Há algum tempo atrás, a Renata Merlino, do ótimo site Inteligência Nutricional, me convidou para fazer uma entrevista para o site! Claro que eu aceitei com o maior prazer! A Renata é nutricionista e super aberta para novas ideias e novos conceitos sobre dieta. Corram lá no site dela para ler a entrevista e aproveitem também para ler os artigos do site, ela tem dicas ótimas sobre vários assuntos.

Obrigada pela oportunidade Re!

Vídeo: O Mito da Gordura

Olá pessoal! Depois das merecidas férias, estamos de volta! Quero dizer que 2012 será um ano de muitas novidades, pretendo levar o blog ao um outro nível, com muito mais conteúdo e variedade para vocês!! E para inaugurar o primeiro post do ano, hoje temos um vídeo muito interessante.

Neste vídeo, Dr. Weil explica porque o consumo de gorduras é saudável para o ser humano e diz que ao contrário do que muitos pensam, a gordura não engorda e sim emagrece (isso nós já sabemos, né?). Além disso, ele explica que o grande responsável pelo aumento de peso são o açúcar e os carboidratos de alta carga glicêmica. Ele também ressalta a importância do balanço entre Omega 3 e Omega 6, que é totalmente desequilibrado na dieta atual.

Dr. Andrew Weil é um médico americano formado pela Universidade de Harvard, que se estabeleceu no ramo da medicina integral, promovendo a prevenção de doenças ao invés do tratamento e focando na nutrição. É o fundador e diretor do Centro para a Medicina Integral do Arizona.

Para ver o vídeo com as legendas em português que fizemos, é só clicar no CC que aparece abaixo do vídeo.

Beijos!

Vídeo: Abandone todos os grãos, coma mais gordura

Mais um vídeo que traduzimos para o blog! Este é um programa de TV com o Mark Sisson, autor do Primal Blueprint. É rápido mas informativo. Divirtam-se!

Programa Primal de Verão – Dia 12

Queridos leitores e leitoras,

estou super atrasada com alguns dias do programa, mas prometo que vou tentar atualizar tudo hoje ok? Mesmo que os dias já tenham passado, acho importante deixar registrado, para quem quiser seguir o programa em um outro momento…

Bom, hoje é segunda e nada melhor do que começar a semana com uma comidinha simples e caseira. Por isso, sugestão de hoje é:

Picadinho de carne com legumes

 Ingredientes:

– 4 dentes de alho amassados
– 3 colheres(sopa) de manteiga
– 800 g de coxão mole cortado em cubos médios
– 2 cebolas picadas
– 3 e 1/2 xícara(chá) de água
– 2 batatas cortadas em cubos grandes
– 1/2 xícara(chá) de vagem cortada
– 1 xícara(chá) de abóbora cortada em cubos grandes
– 1 xícara (chá) de cenouras em rodelas
– brócolis com os ramos grossos
– sal e pimenta a gosto
– cheiro verde(salsinha e cebolinha) à vontade

Modo de Preparo:

Frite rapidamente o alho na manteiga, acrescente a carne e deixe dourar ligeiramente. Depois, junte a cebola, tempere com sale pimenta e refogue, mexendo de vez quando, por 10 minutos. Junte 2 xícaras da água e cozinhe, em fogo moderado por 20 minutos. Adicione a bataba, a abóbora, a cenoura, a vagem, adicione o restante da água e deixe cozinhar até que os legumes fiquem macios, sem desmanchar, adicione o brócolis e deixe mais uns 5 minutos, se necessário durante o cozimento adicione mais água. Salpique cheiro verde à vontade e sirva com arroz e feijão, ou simplesmente com arroz branco e uma salada.

Gostaram??

Programa Primal de Verão – Dia 3

Hoje é sábado, dia de relaxar e aproveitar o dia! Por isso tenho várias sugestões para hoje:

1) Fuja da comida industrializada!
Muitas pessoas gostam de sair para comer no fim de semana e muitas vezes optam por alguma rede de fast food, pedem uma pizza, ou aproveitam para comer alguma porcaria. Mas você não vai fazer isso hoje. O principal desafio do dia (e dos 20 dias que restam neste programa, na verdade) é não consumir nenhum tipo de comida processada. Se você gosta de cozinhar, aproveite para preparar uma refeição deliciosa. Se você gosta de sair pra comer, a grande maioria dos restaurantes oferece ótimas opções de salada, legumes, carnes e muito mais! É só saber escolher!

2) Faça uma sobremesa! Não é porque você não vai comer porcarias que não pode se deliciar com um doce saudável! Que tal um brigadeiro primal ou um mousse de chocolate ??

3) Brinque! um dos princípios fundamentais do estilo de vida primal é a diversão, em especial, quando é feira ao ar livre e em movimento. Por isso, aproveite o sábado para fazer alguma atividade que te dá prazer, como jogar futebol, vôlei, basquete, surfar, jogar frescobol… Enfim, o que sua imaginação permitir!

Estas são as dicas de hoje! Aproveite o fim de semana e até amanhã!

20111203-141528.jpg

Programa Primal de Verão – Dia 2

Olá!! Segundo dia do nosso programa de verão! Agora que você já se preparou corretamente ontem, tem todos os elementos para começar bem sua dieta.

Sugestão do dia

Para o almoço e  jantar, escolha a carne, frango ou peixe de sua prefeência e complemente com vegetais e legumes.  A sugestão de hoje é esta maravilhosa salada, receita do Jamie Oliver, que eu vi em uma revista:

Mix de tomates

Ingredientes

Salada

– Dois punhados de tomates-cereja, cortados grosseiramente;

– azeite de oliva extra virgem

– pimenta vermelha sem sementes, finamente fatiada;

– meio macinho de manjericão (fatie finamente as folhas maiores e reserve as menores)

– 250g de queijo halloumi (pode ser substituído por queijo de coalho), cortado em fatias finas

– 1 tomate caqui, finamente fatiado

– sal e pimenta do reino a gosto

Molho de tomate e alho assado

– 2 tomates amarelos

– 2 tomates laranjas

– 1 dente de alho com casca

Modo de preparo:

1) Para o molho, preaqueça o forno a 190 graus. Coloque os tomates e o alho numa assadeira e asse por 15 minutos ou até ficarem macios. Transfira os tomates para o liquidificador, esprema o alho sobre eles e bata até obter uma mistura lisa. Adicione um pouco de azeite de oliva e uma pitada de sal e de pimenta do reino. Bata novamente, cheque o tempero e reserve.

2) Coloque os tomates cereja num bowl e tempere com o azeite, a pimenta vermelha, o manjericão fatiado e reserve.

3) Disponha as fatias de halloumi ou queijo de coalho numa tábua e salpique um pouco de pimenta-do-reino sobre elas. Preaqueça uma frigideira grande em fogo médio. Espalhe as fatias de queijo numa única camada – elas vão ficar encostadas umas nas outras, com alguns buracos entre elas. Cozinhe por 4-5 minutos ou até que o queijo fique dourado e comece a derreter e se fundir. Então, vire esse círculo de queijo com uma espátula. Se quebrar, não se preocupe, vai derreter e grudar de novo. Basicamente, você está tentando fazer um grande prato de queijo. Quando estiver dourado dos dois lados, escorregue-o para uma tábua de servir.

4) Ajeite as fatias de tomate-caqui sobre o queijo. Depois, espalhe os tomates cerejas temperados e as folhas de manjericão reservadas. Leve à mesa com o molho de tomate e alho assado para despejar por cima de tudo.

Exercício do dia

Escolha alguma atividade aeróbica que te dê prazer: caminhada, andar de bicicleta, nadar, escalar, aulas de ginástica, enfim, o que você preferir! Pratique pelo menos 30 min do exercício escolhido, tendo o cuidado de manter sua frequência cardíaca entre 55% a 75%.

Estão gostando do programa? Me digam nos comentários o que gostariam de ver por aqui!

Programa Primal de Verão

Simmm, o verão está chegando!! E com ele, aquela promessa de perder peso e encarar o biquíni (ou a sunga) e as festas de final de ano com dignidade!!

Pensando nisso, decidi fazer este programa. Serão 23 dias se alimentando e se exercitando de acordo com o que é ideal para você, ou seja, seguindo o estilo de vida no qual os seus genes foram moldados. A ideia é chegar ao dia 23 de dezembro, antes da véspera de Natal com muito mais energia, disposição e saúde, e com muito menos gordura corporal! E o melhor, não é nenhuma dieta maluca de verão que você abandona depois do ano novo… durante estes dias, você estará ensinando o seu corpo a responder melhor aos estímulos adequados, estimulando o uso da gordura como combustível ao invés dos carboidratos e mudando para sempre seus hábitos alimentares.

Claro, você terá que sacrificar o pãozinho, as massas e os doces… mas, escolhendo os alimentos certos, você não vai precisar se preocupar em contar calorias e muito menos em regular as quantidades e ficar passando fome! Prontos para o desafio? Então vamos lá…

Preparação

Para começar o programa com o pé direito, é preciso se preparar adequadamente e é isso que faremos hoje. O primeiro dia é reservado para eliminar os alimentos que nos fazem mal e dar espaço para os novos (veja quais alimentos são recomendados e em qual proporção aqui). Além disso, é um bom momento de avaliar sua vida, seu tempo e refletir sobre como organizar melhor seu dia, para que consiga dar espaço para uma rotina de exercícios e noites de sono adequadas.

  • O primeiro passo é eliminar todos aqueles alimentos que são nocivos à você. Retire da sua dispensa, da geladeira, da gaveta do escritório os seguintes itens: pães, bolos, arroz, massas, refrigerantes, bolachas e biscoitos, açúcar, farinha de trigo, leite em pó, achocolatados, balas, bombons, torradas, margarina e óleo de soja (ou outros óleos vegetais). Este passo é importante, pois facilita que você esqueça  e elimine itens, mesmo se estiver com fome, pois não vai buscar algo que não está disponível. Se tiver grandes quantidades desses itens, aproveite o momento e doe para alguém que precise ou para um instituição filantrópica. Você  pode se dar ao luxo de escolher a dieta ideal, mas muitas pessoas não tem o que comer e ficariam muito felizes com uma boa doação.
  • Segundo passo: vá as compras! Encha o carrinho e a sua casa dos melhores alimentos do mundo. Compre ovos e carnes (de preferência orgânicos), verduras e legumes como tomate, cenoura, beterraba, abobrinha, abóbora, mandioquinha, batata doce, alface, rúcula, entre outras… compre muitas frutas, como maçã, pêra, cerejas (boa época para comprá-las), blueberry congelado, acerola, framboesa, banana, manga, enfim, o que você gostar. Compre também nozes, damascos, macadâmias, tâmaras, castanhas em geral.
  • Com moderação: existem alguns alimentos que são bons, porém devem ser consumidos em quantidades menores como leite e derivados (de preferência orgânicos e não pasteurizados), chocolate amargo (quanto mais cacau, melhor), vinho tinto.
  • Outros itens que podem te ajudar no processo, mas que devem ser consumidos respeitando a curva de carboidratos, são a farinha de mandioca e a goma de tapioca. São farinhas que te ajudam em várias receitas, sem aumentar o índice glicêmico da sua refeição.
  • Avalie o seu tempo disponível para a prática de exercícios físicos. Meia hora por dia, com exercícios intensos, já o suficiente para garantir bons resultados.
  • O sono também é um ponto relevante para a sua saúde em geral. As necessidades de sono variam de pessoa para pessoa, mas algumas práticas ajudam a ter uma noite de sono tranquila. Evite estímulos, em especial eletrônicos como TV e computador, 1h antes de dormir. Faça sua refeição pelo menos 1h30min antes de dormir, para não atrapalhar seu sono e sua digestão. Dedique sua 1h antes de dormir a atividades relaxantes, leitura, passar tempo com a família, tomar banho e fazer massagem são boas opções.
  • E por último, exponha-se ao sol! Sim, não tenha medo do sol, pois nos horários adequados a luz solar traz muitos benefícios, como melhor absorção da vitamina D, melhoria na imunidade e melhoria no humor. 15 min de sol, antes das 9h e depois das 16h, sem protetor solar, já são suficientes.

Preparados para a mudança na vida de vocês?? Claro que sim!!

Espero que tenham aproveitado as dicas de hoje,  que amanhã tem mais! Viva o verão!

História de Sucesso

É com muito prazer que apresento a vocês a primeira história de sucesso (deste blog) seguindo a dieta primal!!

Fiquei muito feliz em receber esta história e gostaria de agradecer à Mônica por ter nos enviado! Vejam o que ela escreveu…

“Quanto a Dieta? Opa!
Esta foi mais ou menos fácil, mas eu a chamaria de uma purificação alimentar.
Fiquei surpreendida com as etapas que, rapidamente, chegaram ao fim com 7 kg a menos na balança em menos de 1 mês. Para um entendimento completo: minha dieta foi “uma história de sucesso”.
Vocês podem vir notando que o vilão do desequilíbrio no aumento de peso vem sempre pareado de “Carboidratos e Açúcares”. O que estimulou a minha transformação foi exatamente determinar a absoluta proibição destes vilões no dia–a–dia.
Os resultados estão além da perda de peso, está na liberação de uma maior vitalidade, uma menor necessidade de alimentos – já que certos alimentos viciam e te fazem comer mais e mais – nas emoções mais tranqüilas, sem alterações de humor e, em outros sintomas físicos, especialmente sem aquela da famosa “queda da resistência”.
Foquei meu objetivo em sentir a perda de peso. Escolhi anular os “açúares” da minha alimentação (nem mesmo os suquinhos de garrafa ou de frutas) que se escondem sob a forma de gordura em nosso organismo. Muita água e chás.
Entre a metade e o final de 40 dias, seguindo firme neste fluxo radicalmente diferente, eliminados os pães, os bolos, as massas, todos os farináceos, fiz um “upload” na memória de minhas células! Assim funciona, mas quando há uma vontade grande na mudança do ritmo. Um ritmo acompanhado de longas caminhadas, alongamentos e vocês vão viver um grande momento de confiança! Muita proteína, laticínios, e você constrói um novo programa de vida saudável e sem sentir fome. A minha escolha foi baseada na dieta primal.  Pouco a pouco fui acrescentando as verduras possíveis, as frutas “com índice glicêmico mais alto” e criando um clima entre os temperos e o apoio dos produtos chamados funcionais.
Nutri o corpo de modo ao qual me se sinta bem orientada para aproveitar todos os benefícios finais: saúde e energia, o que significa – Equilíbrio!
Que tal vocês experimentarem?! ”

Mônica Meirelles
 

Espero que tenham gostado da história, e que esta seja a primeira de muitas! Quem quiser compartilhar sua história, é só mandar um email para mim: bruregis.machado@gmail.com

A Mônica disse que vai mandar fotos do antes/depois e também vai me mandar o endereço do blog dela! Assim que receber atualizo aqui!

beijos

Artigo da Semana: Os segredos sujos da indústria de alimentos processados – parte 4

Depois de muito tempo, vamos para a última parte do Artigo da Semana.

Para ler as anteriores: parte 1 ,  parte 2 e parte 3. 

GORDURAS E ÓLEOS INDUSTRIALIZADOS

O império dos alimentos processados é construído nas gorduras e óleos industriais, extraídos do milho, grãos de soja e outras sementes. O óleo vegetal cru – que é escuro, pegajoso e fedorento – é submetido a processamentos horrendos para produzir os óleos de cozinha claros como margarina, óleo de soja, etc. Os passos inclusos no processamento são: decruagem, clareamento, desodorização, filtrageme remoção das saturadas para tornar o óleo mais líquido. No processo, os nutrientes e antioxidantes desaparecem, mas não os pesticidas. A maior parte dos processadores também adicionam  solvente de hexano para extrair até a ultima gota de óleo das sementes. O refinamento cáustico, o mais utilizado no refinamento de óleos, envolve o uso de químicos muito alcalinos no óleo.

Para fazer uma gordura sólida do óleo líquido, os produtores submetem o óleo a um processo chamado de hidrogenação parcial. O óleo é extraído por meio de alta temperatura e pressão, e as partículas restantes do óleo são extraídas por meio de solvente de hexano. Os produtores então limpam o óleo usando vapor, o que remove todas as vitaminas e os antioxidantes, mas, é claro, os solvente e os pesticidas permanecem. Estes óleos são misturados com um catalisador de níquel, e então, submetidos a alta temperatura e pressão, são inundados com gás hidrogênio. O que entra no reator é um óleo líquido, o que sai dele é uma massa fedorenta que se parece com um queijo cottage cinza. Emulsificantes são adicionados para suavizar as bolotas que se formam e o óleo é vaporizado novamente, para se livrar do cheiro fedorento. O próximo passo é o clareamento, para eliminar a cor cinza. Neste ponto, o produto pode ser chamado de “óleo vegetal puro”. Para fazer a margarina, sabores artificiais e vitaminas sintéticas são adicionadas. Porém, o governo não permite que a indústria adicione corantes artificiais, eles devem adicionar corantes naturais. A margarina então é embalada e vendida como um produto saudável.

A gordura saturada é o tipo de gordura encontrada na banha de porco, manteiga e óleo de coco. As moléculas de gordura saturada são retas, por isso se agrupam com facilidade. É por isso que a gordura saturada fica dura em temperatura ambiente. A gordura insaturada tem uma pequena curva em cada ligação dupla, com dois átomos de hidrogênio saindo para fora do mesmo lado. E quando esta molécula é incorporada nas suas células, o seu corpo quer que estes dois átomos de hidrogênio estejam do mesmo lado da cadeia de carbono, formando uma nuvem de elétrons; é aí que as interações químicas controladas acontecem.

Durante o processo de hidrogenação parcial, um destes átomos de hidrogênio é movido para o outro lado, fazendo com que a molécula fique reta, comportando-se quimicamente como uma gordura saturada – embora bioquímicamente, ela se comporte muito diferente. A molécula original, insaturada, é chamada de ácido graxo “cis”, pois os dois hidrogênios estão juntos, então ela se transforma em um ácido graxo trans, pois os dois hidrogênios estão em lados opostos (trans significa oposto). O seu corpo não sabe que esta nova molécula é algo que nunca existiu antes na natureza, e quando você come uma destas gorduras trans, ela fica presa dentro da membrana celular. Por causa do rearranjo químico, as reações químicas que deveriam acontecer não podem se realizar. As enzimas e receptores não funcionam mais. Quanto mais gordura trans você consome, mais parcialmente hidrogenadas as suas células se tornam e mais caos você causa no nível celular do seu corpo.

De cima para baixo: gordura saturada, gordura natural monoinsaturada e gordura trans

Todos os tipos de margarina, mesmo as sem gordura trans, são feitas com estes ingredientes prejudiciais. Eles são utilizados em batatinhas e bolachas, e a maioria dos restaurante os utiliza nas frituras. Até o começo da década de 80, os restaurantes fast food cozinhavam suas frituras em gordura animal, que é uma gordura segura, mas agora eles usam gordura parcialmente hidrogenada, como o óleo de soja.

No passado, quando você fazia sobremesa para as crianças, pelo menos o açúcar que estas sobremesas tinham era combinado à manteiga, ovos, creme e nozes – todos alimentos bons e naturais. Hoje, os fabricantes podem imitar a manteiga, ovos, creme e nozes, então tudo o que você tem é o açúcar, óleos industriais e outros ingredientes artificiais nestas sobremesas prontas.

Muitas doenças tem sido associadas ao consumo de gorduras trans – doenças cardíacas, câncer e degeneração de juntas e tendões.  A única razão pela qual nós estamos comendo estas coisas é porque nos disseram que a gordura saturada – manteiga, banha, óleo de coco, óleo de palma – são ruins para nós e causam doenças cardíacas. Estas afirmações não passam de propaganda da indústria.

O PREÇO OCIDENTAL

Weston A. Price descobriu que as populações, ao adotarem os alimentos processados em suas dietas, vem apresentando uma diminuição da sua estrutura facial a cada geração. Rostos saudáveis devem ser fortes. Nós todos fomos devemos ter dentes completos e sem cavidades. Quando você está se alimentando de comidas reais, densas em nutrientes, você tem a perfeita expressão do seu potencial genético. Nós recebemos um planta perfeita. Se o templo corporal será construído de acordo com esta planta depende, em grande quantidade, da sabedoria das nossas escolhas alimentares.

Quando as sociedades primitivas abandonaram as suas dietas tradicionais e começaram a ingerir alimentos processados, a próxima geração desenvolveu uma estrutura facial mais frágil e diversas doenças. Nós sabemos que se continuarmos nesta dieta por três gerações, a reprodução cessa. Este é o preço terrível do ocidente, o preço ocidental. A civilização irá morrer a não ser que se adote o estilo alimentar dos nossos ancestrais. Isso significa virar as costas para os alimentos processados e voltar para a cozinha, para preparar alimentos reais – contendo gorduras saudáveis – para nós e nossas famílias.

A MELHOR MANEIRA DE PREPARAR A COMIDA – COM AMOR

A preparação de comida é na verdade um ritual sagrado: de acordo com o conhecimento esotérico “se uma mulher pudesse ver as partículas de luz que saem de suas mãos quando ela cozinha e a energia que entra no alimento que ela está preparando, ela veria o quanto dela mesma entra na refeição que ela prepara para sua família e amigos. Esta é uma das atividades mais importantes e é pouco compreendido pelas pessoas que os sentimentos que vão na preparação de um alimento afeta a todos que irão comê-lo depois. Esta atividade deve ser feita sem pressa, com paz e felicidade porque a energia que flui naquele alimento impacta na energia daquele que o recebe”.

” É por isso que os líderes espirituais do oriente nunca ingerem alimentos que não sejam preparados por seus discípulos. A pessoa preparando o alimento pode ser a única que é espiritualmente elevada. ”

Para ser saudável, é preciso preparar sua própria comida, para você e sua família. Isso não significa que você precise passar horas na cozinha, mas é necessário sim, passar algum tempo lá, preparando comida com sabedoria e amor. Se ninguém na família tem tempo de cozinhar, você precisa sentar e repensar como está usando o seu tempo, pois este é o único modo de dar alimentos nutritivos aos seus filhos. Nós podemos retornar às boas práticas alimentares uma boca de cada vez, uma refeição de cada vez, preparando nossa própria comida e fazendo-o da maneira correta.

Chegamos ao fim deste artigo, semana que vem trago um novo artigo interessante para vocês!

Este artigo é uma tradução livre, e o original pode ser encontrado em http://www.westonaprice.org/modern-foods/dirty-secrets-of-the-food-processing-industry

%d blogueiros gostam disto: