Programa Primal de Verão

Simmm, o verão está chegando!! E com ele, aquela promessa de perder peso e encarar o biquíni (ou a sunga) e as festas de final de ano com dignidade!!

Pensando nisso, decidi fazer este programa. Serão 23 dias se alimentando e se exercitando de acordo com o que é ideal para você, ou seja, seguindo o estilo de vida no qual os seus genes foram moldados. A ideia é chegar ao dia 23 de dezembro, antes da véspera de Natal com muito mais energia, disposição e saúde, e com muito menos gordura corporal! E o melhor, não é nenhuma dieta maluca de verão que você abandona depois do ano novo… durante estes dias, você estará ensinando o seu corpo a responder melhor aos estímulos adequados, estimulando o uso da gordura como combustível ao invés dos carboidratos e mudando para sempre seus hábitos alimentares.

Claro, você terá que sacrificar o pãozinho, as massas e os doces… mas, escolhendo os alimentos certos, você não vai precisar se preocupar em contar calorias e muito menos em regular as quantidades e ficar passando fome! Prontos para o desafio? Então vamos lá…

Preparação

Para começar o programa com o pé direito, é preciso se preparar adequadamente e é isso que faremos hoje. O primeiro dia é reservado para eliminar os alimentos que nos fazem mal e dar espaço para os novos (veja quais alimentos são recomendados e em qual proporção aqui). Além disso, é um bom momento de avaliar sua vida, seu tempo e refletir sobre como organizar melhor seu dia, para que consiga dar espaço para uma rotina de exercícios e noites de sono adequadas.

  • O primeiro passo é eliminar todos aqueles alimentos que são nocivos à você. Retire da sua dispensa, da geladeira, da gaveta do escritório os seguintes itens: pães, bolos, arroz, massas, refrigerantes, bolachas e biscoitos, açúcar, farinha de trigo, leite em pó, achocolatados, balas, bombons, torradas, margarina e óleo de soja (ou outros óleos vegetais). Este passo é importante, pois facilita que você esqueça  e elimine itens, mesmo se estiver com fome, pois não vai buscar algo que não está disponível. Se tiver grandes quantidades desses itens, aproveite o momento e doe para alguém que precise ou para um instituição filantrópica. Você  pode se dar ao luxo de escolher a dieta ideal, mas muitas pessoas não tem o que comer e ficariam muito felizes com uma boa doação.
  • Segundo passo: vá as compras! Encha o carrinho e a sua casa dos melhores alimentos do mundo. Compre ovos e carnes (de preferência orgânicos), verduras e legumes como tomate, cenoura, beterraba, abobrinha, abóbora, mandioquinha, batata doce, alface, rúcula, entre outras… compre muitas frutas, como maçã, pêra, cerejas (boa época para comprá-las), blueberry congelado, acerola, framboesa, banana, manga, enfim, o que você gostar. Compre também nozes, damascos, macadâmias, tâmaras, castanhas em geral.
  • Com moderação: existem alguns alimentos que são bons, porém devem ser consumidos em quantidades menores como leite e derivados (de preferência orgânicos e não pasteurizados), chocolate amargo (quanto mais cacau, melhor), vinho tinto.
  • Outros itens que podem te ajudar no processo, mas que devem ser consumidos respeitando a curva de carboidratos, são a farinha de mandioca e a goma de tapioca. São farinhas que te ajudam em várias receitas, sem aumentar o índice glicêmico da sua refeição.
  • Avalie o seu tempo disponível para a prática de exercícios físicos. Meia hora por dia, com exercícios intensos, já o suficiente para garantir bons resultados.
  • O sono também é um ponto relevante para a sua saúde em geral. As necessidades de sono variam de pessoa para pessoa, mas algumas práticas ajudam a ter uma noite de sono tranquila. Evite estímulos, em especial eletrônicos como TV e computador, 1h antes de dormir. Faça sua refeição pelo menos 1h30min antes de dormir, para não atrapalhar seu sono e sua digestão. Dedique sua 1h antes de dormir a atividades relaxantes, leitura, passar tempo com a família, tomar banho e fazer massagem são boas opções.
  • E por último, exponha-se ao sol! Sim, não tenha medo do sol, pois nos horários adequados a luz solar traz muitos benefícios, como melhor absorção da vitamina D, melhoria na imunidade e melhoria no humor. 15 min de sol, antes das 9h e depois das 16h, sem protetor solar, já são suficientes.

Preparados para a mudança na vida de vocês?? Claro que sim!!

Espero que tenham aproveitado as dicas de hoje,  que amanhã tem mais! Viva o verão!

%d blogueiros gostam disto: