A dieta Primal – introdução

Olá!

Hoje vou falar um pouco sobre a essência do estilo de vida Primal: Alimentação. Embora todos os aspectos desta “filosofia” sejam importantes, a dieta é o ponto fundamental na transição Primal, já que 80% da sua composição corporal é determinada pelo que você come. Outros fatores como exercício físico, sono, stress e exposição ao sol fazem com que a sua saúde melhore de maneira geral, mas é por meio da alimentação que acontecem as principais mudanças na sua vida! Muitos “mitos” e “verdades absolutas” são desconstruídas nesta dieta. Vou apresentar um resumo do que consiste a dieta Primal, para depois abordá-la em detalhes em outros posts.

Sim, meu amigo, isto está errado.

A dieta Primal é fundamentada na alimentação correta para o seu organismo, ou seja, comer o que o seu corpo está habilitado a digerir há milhares de anos. Nossos ancestrais evoluíram em determinadas condições que formaram o seu genoma, e embora muitos anos tenham se passado, o genoma humano sofreu poucas modificações. Nossos antepassados não tinham câncer, diabetes, obesidade e doenças degenerativas, além de possuírem uma excelente forma física. Procure uma foto de um homem do período paleolítico, tenho certeza que você não vai achar nenhuma deles com uma barriguinha de chopp.

Quais alimentos fazem parte da dieta Primal?

  • Carnes: totalmente liberadas, são parte crucial da dieta Primal. Vale ressaltar que carnes com alto teor de gordura são ainda mais recomendadas, por exemplo: picanha, salmão, coxa de frango, entre outras. Dê preferência as carnes orgânicas, elas são mais saudáveis pois os animais são alimentados adequadamente (e não entupidos de grãos que causam mal à saúde deles e à sua), são livres de hormônios e antibióticos nocivos e apresentam maior quantidade de vitamina B, E, K e além de possuírem ômega 3, que é inexistente na carne alimentada por grãos. Falaremos do papel da gordura em outro post, mas a princípio: não tenha medo de consumir gordura! Ela é boa e te ajudar a perder gordura corporal!
  • Frutas: Nossos ancestrais eram tipicamente caçadores e coletores, por isso consumiam todos os tipos de fruta que se apresentassem saborosas em seu estado cru e natural. As mais nutritivas são as chamadas berries, como morangos, amora, mirtillo, etc, pois são contém pouco açúcar e são ricas em vitaminas, antioxidantes e outros nutrientes. Nozes, como castanha do pará, macadâmias, avelãs e amêndoas também são boas opções, desde que consumidas com moderação, devido ao alto teor de ômega 6.

  • Óleos e ácidos graxos essenciais: óleos provenientes azeite de oliva extra virgem, óleo de peixe e óleo de coco são fontes seguras de micronutrientes essenciais na nossa dieta, pois possuem uma proporção adequada entre ômega 6 e ômega 3, e também promovem um melhor funcionamento celular, um bom número de lipídios e melhoram a sensibilidade à insulina. Estão proibidos óleos vegetais como óleo de soja, óleo de canola, óleo de milho, margarina, entre outros, porque o processo pelo qual são extraídos é nocivo a saúde, cheio de químicos e derivados de petróleo, além de serem submetidos a altíssimas temperaturas, o que elimina boa parte do ômega 3 benéfico, que alguns destes óleos possuiriam.
  • Leite e derivados: esta é uma zona de incerteza dentro da comunidade Primal, há autores que são totalmente contra o consumo de leite e derivados, enquanto outros aconselham o consumo moderado de queijos e iogurte, principalmente. A melhor maneira de saber se os derivados de leite funcionam para você é simplesmente experimentar: pare o consumo por completo de leite e derivados por cerca de um mês e depois reintroduza, e observe como se sente. Se houver algum desconforto, é melhor evitar. É bom lembrar que cerca de 90% da população é intolerante a lactose, em maior ou menor grau. Qualquer que seja sua decisão, é importante ressaltar que o leite cru é a melhor forma de consumo do alimento, pois o leite pasteurizado é relacionado a diversas doenças e ainda aumenta a osteoporose. Falarei mais sobre este tópico depois!

  • Carboidratos: O consumo de carboidratos é limitado na dieta Primal, recomenda-se cerca de 100g a 150g por dia, provenientes de frutas e legumes, como batata-doce, mandioca, mandioquinha, nhame e abóbora. Grãos são absolutamente os vilões da alimentação moderna! Arroz, trigo e seus derivados, mesmo em sua forma integral são prejudiciais à saúde e garantem o aumento de peso. Basicamente, nossos ancestrais não consumiam grãos pois não tinham como prepará-los, já que os mesmos são tóxicos em sua forma crua. Além disso, o alto índice glicêmico dos grãos aumenta a produção de insulina, o que é nocivo à saúde. Diversos estudos comprovam que as espécies que produzem menos insulina tem maior longevidade.  

  • Açúcar: mais um vilão da atualidade! O açúcar prejudica o sistema imunológico, pois causa a ineficiência no funcionamento dos glóbulos brancos; diminui a produção de leptina, um hormônio crítico para a regulação do apetite; promove o stress oxidativo do seu corpo; é um “combustível” para o aumento das células cancerígenas e causa o acúmulo de gordura corporal e aumento de peso. Razões suficientes para riscá-lo da sua dieta, ok?

That’s all folks! Aproveitem as dicas para uma alimentação mais saudável!

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

10 Comentários

  1. Oi Bruna, parabéns pela iniciativa e pela coragem de desafiar a “sabedoria convencional”!
    Legal ver mais gente aqui no Brasil divulgando o estilo de vida primal.

    Um abraço,
    Thiago

    Resposta
  2. Obrigada!! Parabéns a você també pelo seu blog! Abraços!

    Resposta
  3. Roseli

     /  outubro 28, 2011

    Olá Bruna, vi um comentário seu no site da Pat Feldman e fiquei com uma dúvida sobre a dieta Primal: quem não gosta de carne em excesso como eu, não gosto de carne vermelha, como basicamente ovos, peixe e frango em pequena quantidade; posso também usufruir da dieta Primal? Grata e parabéns pela iniciativa. Roseli Aquino.

    Resposta
  4. Oi Roseli!! Obrigada pelo contato!
    Respondendo à sua pergunta: sim, você pode usufruir da dieta Primal! As carnes e ovos são a melhor fonte de proteína e gordura e são os alimentos que te manterão saciada por bastante tempo. Se você come carnes em pequena quantidade (imagino que seja uma porção pequena por dia, certo?), acho importante que você busque outras fontes de gordura, como abacate, óleo de coco, castanhas em geral e azeite de oliva. Como você estará comendo poucos carboidratos na dieta Primal, é essencial ter uma boa quantidade de gordura para o bom funcionamento do seu corpo!
    Continue visitando o blog!!
    Abraços, Bruna

    Resposta
  5. Roseli

     /  outubro 28, 2011

    Obrigada Bruna,

    Pelo que vi então estou bem perto! Como muitas castanhas, uso óleo de coco sempre que posso, costumo também germinar grãos e estou pensando em introduzir também o óleo de figado de bacalhau aqui em casa (li artigo no site da Pat). Infelizmente os industrializados ainda são necessários né com a vida corrida que levamos mas acho que pouco à pouco poderei me aproximar da dieta. Abraços Roseli

    Resposta
    • Que bom Roseli!
      Óleo de fígado de bacalhau também é muito bom!
      É, infelizmente o tempo é um recurso escasso hoje em dia, mas tente reduzir ao máximo o seu consumo de industrializados, não há nada mais saudável do que uma comidinha preparada em casa!
      Abraços!!

      Resposta
  6. Adriana

     /  fevereiro 28, 2012

    Minha dúvida é quanto à restrição do leite e seus derivados. A ingestão de cálcio não ficaria prejudicada???

    Resposta
  7. Oi Adriana, obrigada pelo seu comentário!! Gostei tanto da sua dúvida que fiz um post para responde-la. Dá uma olhada e vê se te ajuda! Beijos

    http://primalbrasil.com.br/e-o-calcio/

    Resposta
  1. Artigo da Semana: Como a agricultura arruinou sua saúde (e o que fazer quanto a isso) « Primalbrasil
  2. Como a agricultura arruinou sua saúde (e o que fazer quanto a isso) | Primal Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: